CANTO DA ALVORADA VENCE CARNAVAL 2020

CANTO DA ALVORADA VENCE CARNAVAL 2020 Belotur/Divulgação

Acadêmicos de Venda Nova e Cidade Jardim ficaram com o segundo e terceiro lugares

A Canto da Alvorada é a grande vencedora do Carnaval de Belo Horizonte 2020, com o enredo em homenagem ao estilista Ronaldo Fraga. Em uma votação disputada a agremiação levou a melhor durante a apuração, realizada nesta quinta-feira (27), no Mercado da Lagoinha, região Noroeste da capital mineira. Com a vitória, a escola da zona Norte de Belo Horizonte se iguala à Cidade Jardim no número de títulos do carnaval, com 16 troféus - a Canto da Alvorada contabiliza mais uma título, porém, em 1980 ela foi campeão do Grupo B, sendo que a Cidade Jardim venceu no grupo A, o principal.

O segundo lugar ficou com a Acadêmicos de Venda Nova e o terceiro com a Cidade Jardim. Antes de começar a apuração, as escolas Unidos dos Guaranys e Bem-Te-Vi foram penalizadas com a perda de dois e nove décimos, respectivamente, prejudicando as agremiações nas somas dos pontos. No final, Estrela do Vale e Imperavi de Ouros, cujo presidente Luis Carlos Novaes voltou a ser internado e na participou da apuração, dividiram o quarto lugar. A caçula entre as agremiações, a Raio de Sol, ficou em quinto. Unidos dos Guaranis e Bem-te-vi ficaram em sexto e sétimo lugares.

A premiação para as escolas de samba vencedoras do Grupo Especial foi de R$ 80 mil, R$ 40 mil e R$ 20 mil para os três primeiros lugares, respectivamente.

Neste ano, foram quatro categorias de premiação para as escolas de samba: Bateria; Samba-Enredo; Mestre-Sala e Porta-Bandeira e Comissão de Frente, no valor de R$ 10 mil para cada categoria.

A Imperatriz de Venda Nova recebeu uma placa destaque pela participação no desfile do Grupo de Apresentação.

O desfile das escolas foi na noite de terça-feira (25), numa superestrutura montada na avenida Afonso Pena. Quem abriu os trabalhos foi o bloco afro Afoxé Bandarerê.

 Blocos Caricatos

Os Bacharéis do Samba conquistou o tricampeonato do Carnaval 2020, com o enredo em homenagem ao maluco-beleza Raul Seixas. O bloco do Morro do Papagaio, Bairro São Pedro, também levou o prêmio de melhor samba, composto por Guilherme Mocidade. O segundo lugar foi para Estivadores do Havaí e, em terceiro, ficou o bloco Por Acaso.  Unidos da Zona Norte e Inocentes de Santa Tereza ficaram em quarto e quinto lugares, respectivamente. O último colocado foi a Real Grandeza, rebaixada para o grupo B. O Corsários do Samba levou o troféu de melhor bloco caricato do Grupo B e conseguiu o acesso para a elite do grupo..

Os Blocos Caricatos vencedores do Grupo A receberam o prêmio de R$ 30 mil para a primeira colocação, R$ 20 mil para o segundo lugar e R$ 10 mil para o terceiro, além de outras duas premiações especiais – para compositor e marcha tema.

Na segunda à noite, desfilaram 10 blocos caricatos, alguns nascidos na capital nas décadas de 1940 e 1950. 

REDE GLOBO E LIGA

A novidade de 2020 nos desfiles foi a transmissão ao vivo feita pela Globo Minas, por meio do portal G1, do desfile das escolas de samba e contou com os comentários de Lucinha Nobre, porta-bandeira da Portela, e Zu Moreira, idealizador do Almanaque do Samba. Veja o resumo do desfile de cada escola de samba aqui.

Outro destaque do carnaval de passarela deste ano foi a entrada em cena da Liga das Escolas de Samba de Minas Gerais - LIGA, crida ano passado para fazer a gestão dos interesses das escolas de samba junto ao poder público e setor privado. Neste ano, os investimentos privados para a realização do carnaval somaram cerca de 14 milhões. Parte desse recurso foi investido no carnaval de passarela, organizado pela Liga em conjunto com a Belotur, empresa pública vinculada à Prefeitura de Belo Horizonte, 

 

 

 
Visto 1381 vezes Última modificação em Sexta, 28 Fevereiro 2020 14:06
Zu Moreira

Jornalista, compositor e pesquisador

Sambistas Online

Temos 211 visitantes e Nenhum membro online

Onde sambar

CARICATURA DO MÊS


Bezerra da Silva

Samba no mapa