NASCE O GÊNESIS DE GUSTAVO MONTEIRO

NASCE O GÊNESIS DE GUSTAVO MONTEIRO Daniel Capu/Divulgação

Projeto que reúne cd e mini-documentário está disponível nas plataformas digitais

O violonista (violão 7 cordas) e compositor Gustavo Monteiro lança nesta quinta-feira (22) o álbum “Gênesis”, com acesso livre em todas as plataformas digitais (distribuição Quae Distribuição Digital). Para marcar o nascimento do projeto, o artista disponibilizou em seu canal no Youtube um minidocumentário sobre o processo de concepção e gravação do álbum.

Produzido por Daniel Capu (Pereira Filmes), o filme conta com depoimentos de Gustavo Monteiro, seus parceiros Artur Padua e Aranha, os arranjadores João Camarero e Fernando Bento e músicos participantes, como o baterista Jorge Gomes, e está recheado de imagens do ambiente e bastidores do estúdio. 

Para acessar o álbum "Gênesis" é só escolher a melhor plataforma AQUI.

Sobre o álbum

“Gênesis” é o primeiro trabalho autoral de Gustavo Monteiro, músico (violão de 7 cordas) e compositor mineiro, radicado em Belo Horizonte há cerca de 20 anos, onde se tornou figura assídua nas rodas de samba e choro da capital mineira.

Gravado com auxílio da Lei Aldir Blanc de Minas Gerais, o álbum teve produção musical e executiva de Gustavo e contou com arranjos e direção musical de João Camarero (jovem mas já renomado violonista e compositor, parceiro de Paulo César Pinheiro e Cristóvão Bastos, músico de artistas como Maria Bethânia, Fagner, Conjunto Época de Ouro) e de Fernando Bento (excelente cantor e cavaquinista, um dos maiores expoentes da cena de samba de MG, que também atuou como intérprete).

Dele participaram ainda experientes e talentosos músicos, como o baterista Jorge Gomes (Zeca Pagodinho, Beth Carvalho), seus parceiros de composição (Artur Padua e Aranha/RJ) e grupos e amigos com os quais Gustavo compartilhou sua trajetória musical, como Zé da Guiomar, Figa de Guiné, Warley Henrique, Marcelo Roxo e Daniel Capu, este também encarregado da identidade visual do álbum.

O repertório é formado de 13 músicas, com 12 sambas dos mais variados estilos (de enredo, de terreiro, de gafieira, canção, dolente, partido alto) e uma valsa, que se desenrolam a partir da proposta de um Mito de Criação do Samba (“Gênesis”), que apresenta o cenário e a trilha do álbum, e da faixa “Condição”, que anuncia os personagens e o enredo.

Na sequência, um verdadeiro teatro de perde e ganha no jogo do amor (a matéria prima do samba por natureza), um misto de tragédia e comédia encenado por uma série de Adãos, Evas, Epimeteus, Pandoras, marionetes de deuses, tentados por serpentes, dançando sob a luz da lua e das estrelas, na misteriosa passarela da vida. Tudo isso com direito, ainda, a pequenas digressões inspiradas por temais atuais, como a pandemia e a nossa problemática política, e em especulações sobre a morte ...

As faixas carregam um forte conteúdo de imagens, propiciando ao ouvinte uma agradável viagem, como se numa peça teatral com diversos atos entrelaçados estivesse, ou, melhor até, como se acompanhasse um desfile de Escola de Samba, com enredo, alegoria, fantasias.

O álbum pode ser ouvido no formato de CD. Está disponível aos interessados, ainda, a opção de adquirir um encarte digital e/ou um encarte em papel (em formato de pôster/pergaminho), com arte, fotos, letras e ficha técnica, além de texto de apresentação do sambista carioca Pedro Miranda. 

Confira o mini-documentário:

 

 

 

 

Visto 952 vezes Última modificação em Quinta, 22 Julho 2021 22:15
Redação

A equipe Almanaque é composta por: Jornalistas, compositores e pesquisadores do Samba de Minas Gerais

Website.: almanaquedosamba.com.br

Sambistas Online

Temos 161 visitantes e Nenhum membro online

Onde sambar

CARICATURA DO MÊS


Bezerra da Silva

Samba no mapa