DONA ELIZA: MEMÓRIAS DO SAMBA DE BH

DONA ELIZA: MEMÓRIAS DO SAMBA DE BH Paulo Antunes/Reprodução

Sambista é a convidada de live série do coletivo Mestre Conga

Integrante da velha guarda do samba de Minas Gerais, Dona Eliza é a convidada de mais uma edição da série de lives "Memórias do Samba de BH", que será realizada nesta quinta-feira (24), às 20 horas, no canal do Instagram do coletivo Mestre Conga.

“Minha mãe sempre implicava, porque não queria que eu mexesse com música”, conta Ana Eliza de Souza, a Doneliza, de 72 anos, ao relembrar o início de sua trajetória como artista, ainda criança, em Águas Formosas, no Norte de Minas. Uma das poucas representantes femininas da Velha Guarda do Samba de Belo Horizonte, Doneliza vê, aos poucos, seu sonho de viver do palco e das luzes se realizar.

Além de intérprete, é uma exímia compositora, com mais de 700 canções registradas. Um pouco disso pode ser conferido em seu CD "Diploma da Vida", lançado em 2017.

Confira o episódio com a compositora mineira na websérie Sambista da Vez:

Segundo o coletivo, a série de Lives "Memórias do Samba de BH" tem como finalidade resgatar e difundir a história do Samba da capital mineira, através de depoimentos de protagonistas dessa história. Essas informações servirão, também, para a construção do inventário do samba e documentar o pedido de registro do samba como patrimônio Imaterial de BH. A live terá a participação especial do historiador Marcos Maia e como entrevistadora a produtora Rosane Pires.



 

 

Visto 305 vezes Última modificação em Segunda, 26 Julho 2021 09:00

Sambistas Online

Temos 167 visitantes e Nenhum membro online

Onde sambar

CARICATURA DO MÊS


Bezerra da Silva

Samba no mapa