All for Joomla All for Webmasters

LUCINHA BOSCO

14/04/1945 – Belo Horizonte

Nascida Maria Lúcia, Lucinha Bosco, ainda menina já mostrava seu talento. Era sempre a primeira a se apresentar nas festinhas da escola. A primeira a ser lembrada pelos professores, pois na sala de aula só ficava na frente. Adorava cantar e representar. Aos 23 anos, se tornou empregada doméstica. Por obra do destino, na casa em que trabalhava tinha um enorme piano. E o filho do patrão, todos os dias, na hora do almoço, tocava. Da cozinha, Lucinha o acompanhava. Diariamente a cena se repetia. Ela percebeu que as pessoas paravam para ouvi-la. E que gostavam. Isso a deixava vaidosa, feliz. Mas, ainda não tinha pretensão de ser cantora.

Soube das inscrições para um festival na Rádio Inconfidência. No entanto, a notícia não chamou sua atenção. Mas a mãe quis que ela se inscrevesse. E deu a ideia de as duas se inscreverem. A mãe, que era analfabeta, fez uma marcha e Lucinha, um samba. As duas não foram classificadas. Mas, graças àquele festival, Jackson Costa, um dos jurados no evento, se encantou com a voz de Lúcia e a convidou para um teste. A vaga era para participar do coro das músicas inscritas nos festivais de músicas e no programa “Delmário é o espetáculo”, também da Rádio Inconfidência.

No dia do teste, Lucinha cantou Carinhoso, de Pixinguinha, sendo aprovada com louvor. Iniciou fazendo couro para os participantes, em 1974. Ainda no programa “Delmário é o espetáculo” estava previsto um show com a ‘queridinha do Brasil’, Ângela Maria. No entanto, a cantora não pode comparecer. A produção então convocou Lucinha Bosco para, nada mais nada menos, que substituir Ângela Maria, cantando Gente humilde, de Chico Buarque de Hollanda. Era a primeira vez que Lucinha se mostrava para o Brasil, pelas ondas do rádio.

Depois disso, fez uma temporada de 18 meses no Hotel Trocadeiro, no Rio de Janeiro. Representou o Brasil na Pensilvânia, nos Estado Unidos, por sete meses e também esteve no Japão, por três meses. Ao todo, são 48 anos dedicados à música. Há uma década, Lucinha Bosco participa da Velha Guarda do Samba de Belo Horizonte.


Contato:
(31) 98972-1182 / 3642-1035

 


 

 

 



 

 

 

 

Ler 161 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Patrocínio