All for Joomla All for Webmasters

CABRAL

9/5/1953 – Gravatá (PE)

Músico e compositor, Romulo Cabral Leopoldo, ou simplesmente Cabral, atua há 22 anos na capital mineira, tendo realizado inúmeros projetos musicais na cidade e é um dos nomes mais representativos do samba de Belo Horizonte. Uma de suas marcas foi sempre promover o intercâmbio entre profissionais mineiros e de outros estados.

Ele canta, toca violão e cavaquinho. Começou aos 16 anos, estudando acordeon e criando letras de músicas. Ganhou festival no Oriente Médio, em 1986. Premiado como destaque do samba nos anos 2007 e 2008, pela Liga dos sambistas de BH (Curral do Samba).

Compositor de vários sucessos, gravados por grupos e artistas de Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, como Doris, Grupo Purarmonia, Fabinho do Terreiro, Ricardo Barrão, Grupos Patuá, Delirô, Geraldo Magnata, Jussara Preta, Almir Guineto, Katinguelê - esse último com mais de 90 mil acessos no YouTube com o samba Faz um lá menor.


Cabral tem três CDs gravados, de forma independente. Entre seus parceiros ele cita Luiz Carlos da Vila, Ricardo Barrão, Arthur Carvalho, Luiz Grande, Dé Lucas, Fabinho do Terreiro e outros. Integra o projeto Gerações do Samba e o bloco carnavalesco de BH, Sagrada Folia.

O compositor defendeu na avenida a Escola de Samba Unidos dos Guaranis da Pedreira Prado Lopes, no período de 2007 a 2010. Foi Campeão do Carnaval em 2011, pela Escola de Samba Canto da Alvorada, como um dos intérpretes do samba-enredo Humanos.

Criador do projeto Clube do Samba, em parceria com Fabinho do Terreiro, ofereceu oportunidade para vários sambistas e compositores de BH, se apresentarem com suas obras. No projeto Na Fonte do Samba (este em parceria com Arthur Carvalho), se apresentou com o grupo Eternamente Samba, acompanhando e cantando com convidados de renome do samba nacional, como Almir Guineto, Luiz Carlos da Vila, Serginho Meriti, Toninho Geraes, Wilson Moreira, Bira da Vila, Nei Lopes, José Luiz do Império, Dunga e tantos outros.

No ano de 2010, teve sua música Água benta classificada no projeto Vozes do Morro. No ano seguinte, foi convidado a se apresentar na Festa da Música, em BH, e no Projeto Sambaqui, no Teatro do Conservatório da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Em 2012, foi novamente convidado a integrar a Festa da Música, desta vez se apresentando na Praça Diogo de Vasconcelos, na Savassi, e também no projeto Sambaqui. Hoje, Cabral se apresenta em casas diversas em Belo Horizonte, defendendo o samba local por meio de seu trabalho autoral, e sempre idealizando movimentos em prol da cultura mineira.


 

Redes Sociais:
My Space 

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Contato: (31) 99104-0154

 

 

Ler 412 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Patrocínio