All for Joomla All for Webmasters

MANU DIAS

27/11/1982 – Ouro Preto (MG)


Mineira da cidade de Ouro Preto, nascida em uma família de músicos, Emmanuelle Batista, ou simplesmente Manu Dias, é uma jovem com promissora carreira pelas veredas musicais, que está na estrada há mais de 10 anos. Dona de uma voz docemente firme, Manu Dias traz na bagagem a experiência adquirida nos palcos pelos quais já passou, das parcerias que fez e de composições próprias e em parceria com seu pai, também músico, Toninho Batista. Apresentou-se durante anos nos bares e casas de shows de Ouro Preto, Mariana, Itabirito, Três Pontas, entre outros municípios do interior mineiro.

Desde 2008, Manu vem solidificando seu trabalho em Belo Horizonte direcionando-o ao samba, ritmo e melodia. Realizou em 2012 o projeto “O Quê Que Essa Nega Quer”, na tradicional casa de Samba Cartola Bar. Esse projeto foi fundamental para apresentar Manu Dias ao público belo-horizontino. Na oportunidade, ela dividiu o palco com o cavaquinhista Warley Henrique e com os músicos Nando Carvalho, Gisele Couto, Flávio Renegado, Robson Batata, Fernando Bento e Dóris.

Em abril de 2013, quando completou 30 anos da morte da sambista Clara Nunes, Manu prestou sua homenagem cantando o show Um ser de luz, no Teatro do Conservatório de Música da Universidade Federal de Minas Gerais. Participou do projeto “Divas Brasileiras”, em 2013, apresentando um show em homenagem à Beth Carvalho. Participou do Carnaval Belotur 2015, na Regional Norte, com o show É samba que a nega quer. A idealização e concepção desse projeto "É Samba que Nega Quer" teve início em janeiro de 2014, e por ele já passaram os músicos Aline Calixto, Fernando Bento, Heleno Augusto e Geo Cardoso, do Baianas Ozadas, Dé Lucas e Makley Matos (RJ).

Integra o projeto "Casa de Bamba", que ocorre aos domingos no Quintal do Divina Luz (veja lista de bares e locais de samba em BH). Por ele passaram artistas como Fabiana Cozza, Nelson Rufino, Tuco Pellegrino, Wanderley Monteiro, Jorgynho Chinna, Moacyr Luz, Dunga da Viola, João Martins. Entre os artistas mineiros, participaram do Casa de Bamba Silvia Gomes, Tino Fernandes, Nonato, Barrão, Fabinho do Terreiro, Raimundo do Pandeiro, Marina Gomes, Janaina Moreno, Vagno Pico e Pedro Lopes. Manu Dias participou também do 8º Festival de Arte Negra (FAN), com o show É samba que a nega quer e na Noite do samba,  com Dé Lucas e o Samba na batuta, recebendo Mariene de Castro, Nei Lopes, Mestre Conga e Dona Elisa.


Manu Dias Cantando Clara Nunes no show Um Ser de Luz
http://goo.gl/z3gVjo

Manu Dias Programa Dedo de Prosa
http://goo.gl/SmbxH3

Manu Dias Carnaval de BH 2015
http://goo.gl/SdSFEp

 

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Contato: (31) 3566-7739 / 97511-5987/ 97310-4558

Ler 335 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Patrocínio