All for Joomla All for Webmasters

CASAS E ARTISTAS COMEÇAM A CANCELAR EVENTOS

CASAS E ARTISTAS COMEÇAM A CANCELAR EVENTOS Reprodução/Divulgação

Novo coronavírus ameaça programação de samba na cidade

Com a pandemia do novo coronavírus chegando em Belo Horizonte e região metropolitana vários eventos estão sendo cancelados , já que uma das principais recomendações das autoridades de saúde é que aglomerações sejam evitadas para que a situação não se torne ainda mais grave.

No samba não seria diferente. Desde o início desta semana, artistas e casas de shows se manifestaram-nas redes sociais, com comunicados informando o cancelamento de shows e programações em bares.

O violonista Thiago Delegado avisou que o tradicional “Delegas Cia”, realizado todas as quintas-feiras no bar A Casa, está suspenso até que a situação seja controlada. “O momento é de cautela, prudência e precaução”, afirmou por meio de sua conta no Facebook.

Já a cantora Márcia Feres, que preparava um show em homenagem a Paulinho da Viola, previsto para ocorrer em abril, no Cine Theatro Brasil, anunciou que terá que adiar a programação para o dia 27 de junho.

“A segurança e o bem-estar do público, dos artistas, funcionários, equipe técnica e de todas as pessoas são sempre nossas principais prioridades”, afirma a produção da artista. Segundo os organizadores, “os ingressos de quem já comprou seguem válidos para a próxima data”.  “Informamos que o cliente que quiser reembolso terá essa alternativa através de comunicados e procedimentos da Eventim”, completou a nota.

Já O Muringueiro, restaurante com música ao vivo no Bairro da Graça, anunciou que a programação da casa, que vai de quarta-feira a domingo, foi toda cancelada nesta semana.

“Não foi uma decisão fácil e sabemos que terá consequências que ainda nem conseguimos mensurar”, diz a nota no Facebook.

O Curral do Samba, um dos mais tradicionais espaços de samba na cidade, também anunciou a suspensão das atividades. O Clã Espaço Cultural, Deu Brasa e o Três Preto Bar também vão fechar as portas neste fim de semana.

O grupo Tradição postou em suas redes sociais que cancelaram a agenda de shows, em função da pandemia. O Diga Lá suspendeu a agenda e prometeu interagir com o público em lives no Instagram nos horários em que os shows aconteceriam. O grupo Criolo de Raiz também suspendeu os shows por tempo indeterminado. 

O projeto Samba das Mulheres também cancelou a edição que ira ser realizada no próximo dia 22 de março. 

Shoppings, museus, teatros, cinemas e, até mesmo, igrejas da capital mineira estão anunciando o cancelamento ou adiamento da maioria das atividades programadas.

À medida em que formos informados vamos atualizando aqui a lista dos eventos de samba, choro e pagode cancelados em Belo Horizonte.

 

 

 

 

 

 

 
Ler 170 vezes Última modificação em Terça, 17 Março 2020 20:12
Zu Moreira

Jornalista, compositor e pesquisador

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Sambistas Online

Temos 149 visitantes e Nenhum membro online

Onde sambar

CARICATURA DO MÊS

Cartola

Samba no mapa