All for Joomla All for Webmasters

VELHA GUARDA SERÁ DESTAQUE NO CARNAVAL 2019

VELHA GUARDA SERÁ DESTAQUE NO CARNAVAL 2019 Mulatos do Samba - Julia Lanari/Belotur

Belotur garante que vai valorizar o samba da capital mineira, com programações especias antes e durante o período de Carnaval em Belo Horizonte. Outra ideia é criar um "departamento do samba" para desenhar um modelo sustentável para as escolas de samba e para o desfile na avenida Afonso Pena, em ações integradas com a Fundação Municipal de Cultura. 

Por Cristiana Andrade/BHZ

A seis meses do Carnaval, a Belotur já esquenta os tamborins da festa em Belo Horizonte, anunciando na noite desta segunda (20) o planejamento da folia 2019 e novidades. Entre elas, está a ampliação do calendário carnavalesco: será de dezembro a fevereiro. O lançamento do edital de patrocínio para grandes empresas apoiarem a festa na capital deverá ocorrer até o mês que vem. Em outubro, a gestão municipal planeja lançar o cadastro dos blocos e o edital dos artistas interessados em se apresentar nos palcos da Prefeitura de Belo Horizonte durante a festa em fevereiro de 2019.

Em novembro, deve lançar o edital de subvenção dos blocos de rua e, em dezembro, dar início ao cadastro dos ambulantes. Ainda no último mês do ano, está sendo planejado um evento em homenagem ao Dia do Samba, celebrado em 2 de dezembro, mas que já será integrado ao Carnaval 2019.

Para anunciar tudo isso, a Belotur convocou para a noite desta segunda-feira (20) representantes dos blocos de rua para uma reunião. Com início às 19h, a reunião tinha previsão de término às 22h.

Outra boa notícia para os organizadores da festa é a promessa de antecipar os recursos de ajuda de custo aos blocos, uma antiga reivindicação de carnavalescos. A verba sempre chegou na véspera da festa, inviabilizando a organização dos blocos. Está sendo estudada a possibilidade de o recurso, inclusive, ser liberado para ajudar a custear os ensaios.

Desburocratização e festa para todos
Para desburocratizar a inscrição dos blocos junto à PBH, a Belotur pretende digitalizar o processo de editais, que deverá ser on-line, para eliminar burocracia e papel em excesso; descentralizar as festas, para que todas as administrações regionais tenham palcos com shows e artistas de qualidade, inclusive trazendo alguns artistas de peso nacional para se apresentar na cidade durante os dias da festa.

Outra proposta é criar uma estrutura para valorizar a Velha Guarda do Samba de Belo Horizonte, ainda sem definição de como isso será feito: se os integrantes abrirão o Carnaval 2019, ou se tocarão em algum local especial. Integrar moradores em situação de vulnerabilidade social é outra meta da Belotur, criando um Bloco da Cidadania.

Criar áreas de convivência para que cervejarias artesanais produzidas aqui comercializem seus produtos foi outra proposta apresentada pelo presidente da Belotur, Aluizer Malab, e o diretor de Eventos, Gilberto Castro.

Leia na íntegra.

Ler 197 vezes Última modificação em Sábado, 25 Agosto 2018 11:57
Redação

A equipe Almanaque é composta por: Jornalistas, compositores e pesquisadores do Samba de Minas Gerais

Website.: almanaquedosamba.com.br

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Onde sambar

Sambistas Online

Temos 90 visitantes e Nenhum membro online

CARICATURA DO MÊS

Cartola

Samba no mapa