ALINE CALIXTO FAZ SAMBAS DE VERÃO

ALINE CALIXTO FAZ SAMBAS DE VERÃO Gabi Soutto/Divulgação

Festival tem programação com mesa de conversa, exposição e live show de vários artistas

 Sambas de Verão é o novo projeto da cantora e compositora mineira Aline Calixto – que também assina a direção artística do evento que acontece de 3 a 6 de março em Belo Horizonte.

“O projeto vai divulgar a cena de todas as gerações do samba belorizontino, desde a velha até a nova guarda. Também teremos mesas virtuais com agentes que promovem e acompanham o samba de BH, um bate papo virtual com o jornalista, escritor e biógrafo da Clara Nunes - Vagner Fernandes; uma exposição sobre o samba da capital; atrações musicais em Lives Temáticas; além de oficina de percussão, de produção cultural e muito mais”, conta Aline.

Junto com ela na curadoria estão Joyce Cordeiro e Ayala Melgaço. Joyce assina também a produção executiva. Para participar e ter acesso aos perfis do Instagram nos quais ocorrerão cada atividade, basta entrar no @circuitocomemorativodosamba.


PROGRAMAÇÃO
:

ABERTURA
Data: 03/03, quinta

Horário: 19h30 às 22h30

 

Início Exposição SAMBA EM RETRATO

  - Andreza Sena

Nosso festival começará com a Exposição "Samba em retrato - um olhar sobre o samba atual em Belo Horizonte” da fotógrafa e pesquisadora Andreza Sena.Há mais de 5 anos, ela percorre os redutos, festas e festivais que têm o samba como eixo principal, coletando um vasto registro visual daqueles que produzem, tocam e cantam o samba em Belo Horizonte. Em “Samba em Retrato”, buscou traduzir em imagens toda essa riqueza presente em nossa capital. Você poderá conferir esses cliques maravilhosos através do Instagram @circuitocomemorativodosamba a partir do dia 03 de março.

 

Mesa Redonda Virtual | “O samba da nossa Terra”

Participantes: Zu Moreira - Rafael Mendonça- Karu Torres - Valéria Silva
Mediação Aline Calixto
Via Youtube (youtube.com/alinecalixtooficial)

Quem são os agentes que constroem e movimentam a cena do nosso samba? Como as mulheres se inserem nesse contexto? Como a pandemia afetou o setor? O que esperar do cenário pós-covid? Esses serão alguns dos pontos abordados na mesa redonda virtual “O Samba da Nossa Terra”, que acontece no dia 03/03, às 19h30, com transmissão ao vivo, on-line e gratuita pelo canal do YouTube da Aline Calixto. Para debater o tema, convidamos quatro referências quando o assunto é história do samba de BH, estudiosos e trabalhadores da cultura com amplo conhecimento na área: Karú Torres, Zu Moreira, Valéria Silva e Rafael Mendonça. A mediação ficará por conta da cantora e compositora Aline Calixto.

Karú Torres é produtora editorial, especialista em Gestão Cultural, desenvolveu a pesquisa “O Candombe do Açudes duas riquezas e transformações: de patrimônio cultural à cultura do entretenimento”. Possui uma trajetória de 15 anos como gestora e produtora cultural com foco na cultura negra e popular.

Zu Moreira é jornalista, com forte atuação na cena cultural de BH. É produtor e repórter do Rolê nas Gerais, programa da Globo Minas, com temáticas que valorizam as pessoas e projetos das periferias e comunidades da Região Metropolitana de BH. Também idealizador do portal Almanaque do Samba - A Casa do Samba de Minas Gerais. Foi assessor de imprensa do Festival de Arte Negra (FAN) 2019; coordenou a comunicação do Festival Internacional de Cultura Popular Vozes de Mestres; atuou na comunicação comunitária com o programa Barato Total, na extinta Rádio Santê FM. É autor do livro "Uma Praça, Uma Saudade - resgate histórico e sentimental da Praça Louis Braille", e da série de reportagens com o perfil de 16 sambistas mineiros para o jornal Diário da Tarde, do grupo dos Diários Associados.

Valéria Silva é educadora popular, mobilizadora social, sambadeira, trançadeira. Idealizadora executora do projeto”Cabelo, uma Questão de Identidade"; co-fundadora grupo de Samba de Roda ”Samba da Meia Noite”; co-fundadora do Grupo "Clã Das Sambadeira"; co-fundadora do coletivo "Maré Samba"; idealizadora do Projeto "Forças Trançadas"; coordenadora da CUFA -SABARÁ; vice-presidenta da Liga das Escolas de Samba de MG.

Rafael Mendonça é jornalista, já passou por redações de jornal e foi um dos editores da revista Graffiti 76% quadrinhos por 18 anos. Também é fundador e editor do site O Beltrano. Paralelo a isso é DJ desde 1993 e já participou de inúmeras festas, shows e cidades. Já tocou de Fortaleza a São Paulo. De Paris a Donostia (San Sebastian) no País Basco. Já produziu shows de Paulinho da Viola, Nelson Sargento (mais de 10), D. Ivone Lara, Velha Guarda da Magueira, João Nogueira e muitos outros.


LIVE SHOW - 03 de março

20h30: Dona Eliza 

21h: Ronaldo coisa Nossa 

21h30: Fabinho do Terreiro 

22h: Marina Gomes

 
Data: 04/03, sexta

Horário: 19h30 às 23h

Bate Papo Clara Nunes | VAGNER FERNANDES
Horário: 19h30

No dia 04/03, às 19h30, haverá um bate papo virtual com o jornalista, escritor e biógrafo Vagner Fernandes. Ele vai falar um pouco sobre o processo da construção da biografia de uma das maiores cantoras do nosso país, nossa mineira guerreira Clara Nunes. Quem divide o espaço virtual com o jornalista é a cantora e compositora Aline Calixto que, além de grande admiradora de Clara, desenvolve diversos projetos voltados à memória desse ser de luz, como o Bloco Filhas de Clara! Na sequência, Calixto fará uma live-show relembrando canções emblemáticas do repertório de Clara Nunes.

 

LIVE SHOW - 04 de março

20h30 Aline Calixto Clara Nunes 

21h Fran Januário 

21h30 Manu Dias

22h Cinara Ribeiro

22h30 De Lucas  

 

Data: 05/03, sábado

Horário: 16h às 20h

LIVE SHOW

16h: Vivi Amaral

16h30: Adriana Araújo

17h: Tavinho Leoni

17h30: Domingos do Cavaco

18h: MandruVá

18h30: Thiago Delegado

19h: Raimundo do Pandeiro

19h30: Fernando Bento

 

Data: 06/03, domingo

Horário: 16h às 19h

Oficina de Percussão:

16h: “SONS DO VERÃO” com FÁBIO MARTINS 

Na oficina “Sons do Verão”, ministrada pelo grande percussionista Fábio Martins, traremos alguns instrumentos com timbre agudos que geralmente marcam as claves ou desenham a rítmica de blocos e escolas de samba e nos remetem à ancestralidade e à construção percussiva da Diáspora Africana. Fábio abordará a condução de caixas de guerra, tarol, repinique, bacurinhas e os tamborins, mostrando de forma objetiva o uso desses instrumentos no samba enredo, samba reggae, dentre outros. A oficina será transmitida pelo Instagram do próprio músico (@fabiomartins_fm), dia 06/03, às 16h e é gratuita.

 

LIVE SHOW

17h: Live Dóris Samba

17h30: Raquel Seneias

18h: Maria Elisa

18h30: Warley Henrique

 Acesse @circuitocomemorativodosamba e veja a página de cada atração.



 
Visto 428 vezes Última modificação em Quinta, 03 Março 2022 10:38
Redação

A equipe Almanaque é composta por: Jornalistas, compositores e pesquisadores do Samba de Minas Gerais

Website.: almanaquedosamba.com.br

Sambistas Online

Temos 102 visitantes e Nenhum membro online

Onde sambar

CARICATURA DO MÊS


Bezerra da Silva

Samba no mapa