All for Joomla All for Webmasters

FAN-BH ABRE INSCRIÇÕES PARA OFICINAS, AULAS E RESIDÊNCIA

FAN-BH ABRE INSCRIÇÕES PARA OFICINAS, AULAS E RESIDÊNCIA Pablo Bernardo/Divulgação

10ª edição do Festival de Arte Negra acontece de 18 a 24 de novembro

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, realiza de 18 a 24 de novembro o Festival de Arte Negra de Belo Horizonte – FAN-BH. O festival chega à sua décima edição com uma extensa programação, marcando o pioneirismo de 24 anos promovendo o encontro da música, artes cênicas, cinema, moda, artes visuais, performance e literatura de matriz africana do Brasil e do exterior. As inscrições para as oficinas, aulas, residências e minicursos do FAN-BH são gratuitas, estão abertas e podem ser feitas pelo site do festival, www.fan.pbh.gov.br.

São atividades que envolvem temas como a história da África pré-colonial, a luta antirracista, dramaturgia, música, cinema, empreendedorismo negro, criatividade e moda. Veja, mais abaixo, a lista completa das atividades. O FAN-BH será realizado em mais de 20 espaços da capital mineira. Todas as atrações são gratuitas, com opções para o público de todas as idades.

O Festival de Arte Negra de Belo Horizonte – FAN-BH 2019, em sua 10ª edição, apresenta TERRITÓRIO MEMÓRIA como eixo de reflexão, articulado às práticas culturais e artísticas negras. De 18 a 24 de novembro, a programação reúne obras, artistas e atuantes das culturas negras, compondo um olhar expandido e diverso, para focalizar as subjetividades negras e suas singularidades artísticas. As curadoras desta edição são Aline Vila Real, Grazi Medrado e Rosália Diogo.

SOBRE O FAN-BH

O Festival de Arte Negra de Belo Horizonte – FAN-BH é um festival dedicado à valorização e à difusão da arte negra. Suas referências articulam as raízes ancestrais da cultura negra às expressões de sua contemporaneidade e dedica-se a fortalecer as matrizes tradicionais africanas ainda preservadas e aquelas resultantes do contato com outras culturas.

Com periodicidade bienal, o festival compreende uma ampla programação cultural, marcada pela diversidade de linguagens artísticas e pela participação de artistas, grupos e pesquisadores da arte e da cultura negra. Desde 1995, atua como um importante instrumento para valorização de manifestações populares, impulsionando a formação de um mercado local e fomentando a inserção de artistas da cidade nos circuitos culturais. Suas atividades também provocam diversificadas reflexões e promovem a democratização do acesso ao bem cultural pelos diversos setores da cidade.  

 

Ler 239 vezes Última modificação em Terça, 05 Novembro 2019 14:21
Zu Moreira

Jornalista, compositor e pesquisador

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Sambistas Online

Temos 72 visitantes e Nenhum membro online

Onde sambar

CARICATURA DO MÊS

Cartola

Samba no mapa